Esconderijo da Lyanna

Página 6 de 14 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 10 ... 14  Seguinte

Ir em baixo

Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Sab Set 21, 2013 6:43 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Escondido e caindo aos pedaços, é um antro bagunçado onde uma certa mercenária caolha passa as horas vagas...
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Sab Out 26, 2013 5:44 pm

Eu assumi uma expressão séria, e as palavras sairam espontaneamente quando ele se dirigiu a porta...
-Você não foi um hobbie... eu... realmente amei... amo você.
Soltei um suspiro cansado, voltando a sentar no sofá e encarando o fogo que ainda crepitava na lareira. O que eu estava pensando?
Se ele queria ir, que fosse...
Só levaria um pedaço do meu coração...




Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Beyond Darkness em Sab Out 26, 2013 6:00 pm

Minhas pernas travaram quando ela falou. Não sei bem o que se passou pela minha mente naquele momento, mas foi algo tão confuso que precisei encostar a testa na porta ruída por cupins...
- Você quer... que eu acredite nisso... depois do que eu soube?- a minha pergunta foi quase agressiva.- Por favor...


Quero esconder a verdade
Quero abrigar você
Mas com a fera dentro
Não há onde nos escondermos

Não quero decepcionar você
Mas meu destino é o inferno
Embora tudo isso seja para você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que criamos
Ainda somos feitos de ganância
Este é o meu reino vindo
Este é o meu reino vindo

Dizem que é o que você faz
Eu digo que depende do destino
Está enrolada na minha alma
Tenho que deixar você ir
Seus olhos, eles brilham tanto
Quero guardar esta luz
Não posso fugir agora
A menos que você me mostre como

Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Theme Song:
avatar
Beyond Darkness
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 200
Data de inscrição : 07/09/2013
Localização : Reino Diamante - Dã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Sab Out 26, 2013 6:13 pm

-Bah... pelo menos eu não tentei matar você depois de três meses de espera... -eu acusei, fincando a faca no chão
Respirei fundo, minha voz saindo num sussurro
-Não pense que implorarei para que fique... Não sou esse tipo de mulher, sabes muito bem... Mas não pensei que fosses tão covarde...




Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Beyond Darkness em Sab Out 26, 2013 6:25 pm

- Então esse é o preço por ter me salvado?- indaguei, rangindo os dentes, interrompendo-a antes de completar a última palavra, embora eu soubesse bem o que ela iria dizer.- E por isso quer que eu aceite isso calado?!


Quero esconder a verdade
Quero abrigar você
Mas com a fera dentro
Não há onde nos escondermos

Não quero decepcionar você
Mas meu destino é o inferno
Embora tudo isso seja para você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que criamos
Ainda somos feitos de ganância
Este é o meu reino vindo
Este é o meu reino vindo

Dizem que é o que você faz
Eu digo que depende do destino
Está enrolada na minha alma
Tenho que deixar você ir
Seus olhos, eles brilham tanto
Quero guardar esta luz
Não posso fugir agora
A menos que você me mostre como

Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Theme Song:
avatar
Beyond Darkness
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 200
Data de inscrição : 07/09/2013
Localização : Reino Diamante - Dã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Sab Out 26, 2013 6:37 pm

-Faça como quiser... -cruzei os braços sobre o peito, já começando a perder a paciência- Só não esqueça o lixo da sua foice... -apontei para os pedaços da arma jogados num canto...
Apanhei novamente o corpete e o vesti, puxando os cordões para tentar amarrá-lo...




Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Beyond Darkness em Sab Out 26, 2013 6:46 pm

Meu estômago revirou com força e aquela dorzinha de cabeça voltou à tona. Eu estiquei minha mão aberta em direção aos pedaços da foice, que ergueram-se do chão e vieram até mim. A foice se uniu novamente no processo e parou em minhas mãos novinha em folha. Como se aquilo me importasse no momento... eu queria mais era que tudo se explodisse! Que raiva de repente...
- Poderia muito bem sair nua por aí, já que praticamente todo mundo deve conhecer seu corpo...- rosnei, abrindo a porta.- Teria me feito um favor se tivesse me deixado queimar, isso sim... espero que aproveite do seu querido informante, porque ele não vai durar muito tempo...
Bati a porta atrás de mim, sumindo de perto do esconderijo da mercenária pela névoa que se espalhava naquele começo de noite frio...
Com ódio hoje e sem amor para amanhã...


Quero esconder a verdade
Quero abrigar você
Mas com a fera dentro
Não há onde nos escondermos

Não quero decepcionar você
Mas meu destino é o inferno
Embora tudo isso seja para você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que criamos
Ainda somos feitos de ganância
Este é o meu reino vindo
Este é o meu reino vindo

Dizem que é o que você faz
Eu digo que depende do destino
Está enrolada na minha alma
Tenho que deixar você ir
Seus olhos, eles brilham tanto
Quero guardar esta luz
Não posso fugir agora
A menos que você me mostre como

Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Theme Song:
avatar
Beyond Darkness
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 200
Data de inscrição : 07/09/2013
Localização : Reino Diamante - Dã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Sab Out 26, 2013 7:06 pm

Eu nem liguei quando ele bateu a porta, com aquelas palavras grosseiras...
Mentira, meu coração despedaçou...
Acabei de me vestir, peguei minhas armas e sai...




Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Beyond Darkness em Sab Out 26, 2013 10:10 pm

E já havia passado muito tempo desde a última vez que escutei o som daquela porta velha e enferrujada... okay, talvez não mais que três meses... não era tanto tempo assim...
Mas para mim, foi fato que pareceu um ano, uma década, uma eternidade. Estava, acima de tudo, estranho. Cada dia que passava era no mínimo entediante e triste. Por mais que sangue fosse derramado, eu não me sentia bem. O relógio parecia fazer seu "tick-tick" mais lento que o "tum-tum" do meu coração.
Eu estava tão descontrolado que deixava pistas nos meus crimes... algo que sempre tratei com enorme cuidado para que não o fizesse.
Meu hobbie já não era mais tão importante assim. Eu não sei o que provocou isso, mas alguma coisa lá dentro de mim sofria de alguma espécie de abstinência. Talvez eu soubesse qual era a falta... mas o outro lado meu dizia para mim não procurá-la para me viciar de novo. Eu estava sendo praticamente esmagado por essas duas coisas. Coisas que jamais deveriam ter sido juntadas dentro de mim... eu não pendia mais para um lado nem mais para o outro. Estava completamente encima do muro enquanto cada uma dessas coisas tentava me puxar... eu não sou muito chegado a religião... mas será que algum deus idiota estava brincando com a minha cara?
O resultado de toda essa baboseira foi que, um belo e pesaroso dia, acordei atrás de grades. Muitas grades. Haviam caras fardados que brincavam de quem conseguia me chamar de um palavrão pior... não que eu me importasse... eu não me importava mais com nada.
E eu me peguei pensando nisso tudo enquanto corria o discurso realmente patético e entediante do homem-estranho-com-uma-peruca-branca-ridícula. Acho que ele citava todos os tipos de crime que Beyond Darkness cometeu... ah, então era por isso que estava demorando tanto?
Haviam tantas pessoas... gritarias, choros e mais xingamentos entravam nos meus ouvidos, em meio a tantos rostos que me encaravam com o maior desgosto que já vi na vida, eu me perguntava se alguma coisa havia feito sentido.
Desde aquele dia, naquela mansão, presos junto aquela de cabelos grisalhos, muitas coisas haviam perdido a razão para mim. Não importava como ou o que eu fizesse para tentar escapar, aquilo estava impregnado em mim...
Eu deveria estar apavorado?
Seria o normal a se fazer. Mas não, eu não estava. Mesmo quando gritavam "enforquem ele"; "morra logo";"torturem-o antes disso"; o pânico não vinha. O que poderia acontecer depois? Talvez eu ganhasse um dia melhor do que os meus estavam sendo desde que parei de encarar aquele olho azul...
Eu senti uma corda ser posta firmemente no meu pescoço, apertando o cordão que eu usava...
O cordão...
O maldito e bendito cordão de couro que Lyanna me dera...
Eu achava que aquilo era a única coisa que me restara dela. Todo dia me olhava no espelho e pensava em tirá-lo... mas não o fiz. Eu não consegui fazê-lo, porque talvez aquilo fosse o que me mantivesse de pé todos os dias naquela abstinência infernal...
Além do mais, onde eu iria deixá-lo?
Eu não queria voltar ou aquela parte de mim viria à tona... eu brigaria outra vez com ela, mas desta vez não era a bala de um revólver ou um beijo molhado de sangue que iria me parar. De alguma forma, eu sentia isso.
Mas era triste... triste porque eu realmente não queria que aquele acessório fosse enterrado comigo de um modo tão miserável...
Esperava algum dia que ela entendesse que eu poderia ter comprado outro se quisesse... mas talvez ela nem lembrasse mais dele.
Ah, o que é isso, que melação inútil... estou parecendo uma vítima. Uma das minhas vítimas, implorando pela vida, remoendo cada coisa ruim que havia feito em seus últimos minutos.
A diferença era que eu não me arrependia de nada, exceto... por não ter calado a boca e esperado ela voltar aquele dia.
Quando me dei conta, uma mulher estava na minha frente, me encarando com olhos brilhantes de ódio e sedentos por vingança, com um sorriso trêmulo na boca pintada de vermelho.
- E então, seu... enorme... monstro... está sofrendo tanto quanto meu filho... sofreu em suas mãos?
Filho? Que filho? Ah, não, mais uma mãe querendo ter um diálogo amigável comigo. Ela realmente esperava que eu me lembrasse do filho dela? Eu só mato... só isso. Sempre que a oportunidade aparece, eu vou lá e faço alguém sofrer. Eu não pesquiso sobre a vida de ninguém, há menos que eu realmente me interesse. Mas aquele rosto maquiado e redondo me era familiar... ah, claro... Madame Sofie... acho que a estadia em sua mansão não me fez bem. Você veio me dizer o motivo? Porque era tudo o que eu estava afim de saber...
- Na verdade...- eu comecei baixo, mas ela estava bem perto para conseguir ouvir mesmo com os gritos das outras pessoas embaixo da plataforma de madeira.- Seu filho sofreu bem mais do que isso... hehehe...
E a dor me veio bem no meio do rosto. Acho que cinco dedos ficaram bem marcados de vermelho na minha bochecha esquerda... eu lamento admitir, mas o filho dela ainda tinha sofrido mais que isso também.
- Como pode, desgraçado?! Seu miserável, imundo!! Seu monstro sem coração!!
Blah, blah, blah, blah... ela tentou me bater mais vezes, mas os caras fardados a impediram...
E foram vaiados. Acho que o pessoal queria muito mais do que me só me ver prestes a ser enforcado...


Quero esconder a verdade
Quero abrigar você
Mas com a fera dentro
Não há onde nos escondermos

Não quero decepcionar você
Mas meu destino é o inferno
Embora tudo isso seja para você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que criamos
Ainda somos feitos de ganância
Este é o meu reino vindo
Este é o meu reino vindo

Dizem que é o que você faz
Eu digo que depende do destino
Está enrolada na minha alma
Tenho que deixar você ir
Seus olhos, eles brilham tanto
Quero guardar esta luz
Não posso fugir agora
A menos que você me mostre como

Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Theme Song:
avatar
Beyond Darkness
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 200
Data de inscrição : 07/09/2013
Localização : Reino Diamante - Dã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Dom Out 27, 2013 7:50 am

Eu acordei com alguém esmurrando a porta... Abri o olho, a semi obscuriade do meu esconderijo deixava evidente que o dia nem sequer havia amanhecido.
Minha cabeça doia horrores, mas eu já devia ter me acostumado, pois era assim todo dia. Todo dia depois que Beyond batera a porta praticamente na minha cara...
Diariamente eu me afogava em vodka, acordando no dia seguinte com uma ressaca miserável... As coisas haviam se tornado estranhas... Minhas missões já não me davam prazer algum, por mais dinheiro que eu recebesse... O pagamento de Matt, que antes eu encarava numa boa, agora me traziam uma sensação que eu desconhecia: culpa. Quando ele me beijava, era o gosto de Beyond que eu tinha na boca... quando me tocava, eram o toque dele que eu sentia... Cada noite, quando eu fechava o olho, era ele que povoava meus sonhos e pesadelos...
Maltido seja, Beyond Darkness...
Eu jamais o procurei de novo. Orgulho? Talvez... De qualquer forma, eu acreditava que um encontro só serviria para reabrir antigas feridas... Embora, por várias vezes, tenha ficado tentada a fazer uma visitinha as ruínas Darkness... Então, eu me lembrava dos acontecimentos da última vez, e mudava de rumo...
E agora, eu era só uma casca vazia, executando mecanicamente o que me mandavam, sem motivação para coisa alguma... Tudo por causa de um par maldito de olhos rubros...
Esmurraram a porta pela segunda vez, e eu me levantei, resmungando meia dúzia de palavrões. Havia acabado do voltar a cidade depois de uma empreitada particularmente dificil, e só queria dormir no momento...Quando abri a porta, não havia mais ninguém lá. Verifiquei os dois lados do rua, envoltos na névoa da madrugada, mas não havia ninguém a vista. Desviei meu olhar para o chão, onde havia um papel caído.
Quando o li, senti meu coração falhar uma batida...
Era um comunicado oficial, que dizia que o assassino da foice fora capturado e julgado, e que sua execução ocorreria dali a... olhei no relógio... em menos de meia hora!
Amassei o papel, joguei-o no chão, entrei e deitei de novo... Mas meu sono fora embora, até mesmo a dor de cabeça tornara-se insignificante...
Cinco minutos depois, eu estava correndo pelas ruas frias, coberta por um manto negro, o salto das botas fazendo um barulho irritante contra as pedras do calçamento. Estanquei ao chegar a praça central, onde um cadafalso havia sido montado e uma multidão assistia aos gritos uma mulher estapear o condenado.
Enfiei-me em meio a população enraivecida, tentando me aproximar ao máximo da forca, mas era uma tarefa dificil, com toda aquela gente se espremendo para ver o fim do famoso serial killer.
Meu serial killer...
Não, eu não tinha um plano, nem sequer uma mínima ideia da que fazer... Vi o carrasco aproximar-se e chutar o banco que sustentava Beyond, o corpo deste pender e suas faces começarem a assumir um tom arroxeado enquanto ele sufocava... Um tiro ecoou, e a corda foi partida pela bala precisa atirada pela minha pistola. Eu teria dado um sorriso triunfante se a multidão não estivesse olhando agora para mim com um ar homicida...
-Puta que pariu....




Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Beyond Darkness em Dom Out 27, 2013 2:59 pm

Meu coração disparou quando o banco sumiu debaixo dos meus pés, e eu me vi inconscientemente tentando me apoiar em alguma coisa como se fosse uma miserável barata tonta, até que minhas forças começaram a sumir...
Eu poderia muito bem ter me livrado daquilo com minhas habilidades.
Eu poderia ter explodido aquele lugar e matado aquelas centenas de pessoas numa boa.
Mas isso faria algum sentido? Me daria razões agora? O que eu iria fazer depois? Voltar de volta para um dos meus buracos e continuar meus dias entediantes?
Eu não era um suicida. Não, isso jamais. Eu era um homicida... eu só estava me excluindo do mundo de uma vez por todas, porque não fazia mais sentido continuar se a minha própria lâmina havia virado contra a minha pele.
Era o lógico...
Minha vista escureceu, minha respiração falhou de uma vez por todas, o batimento em meu peito diminuiu, eu me senti extremamente zonzo até que... BUM!
Eu jurei que quem tinha levado o tiro era eu. Não suspeitava nada que aqueles idiotas deixassem de me jogar sapatos e passassem a lançar fogo... mas eu simplesmente senti meu corpo bater contra o chão da plataforma de madeira.
Meus pulmões puxaram o ar com força, meu rosto quente começou a esfriar lentamente, embora eu ainda me sentisse bem debilitado.
Eu vi que uma briga fenomenal começava no meio daquela cambada de inúteis... mas o que diabos?
Tudo o que eu vi era alguns fios brancos se sobressaindo no meio de uma multidão furiosa que parecia voar encima de alguém...
Não... não podia ser...
Era impossível. Definitivamente impossível. Espera, será que era tão impossível assim mesmo?
Alguns outros subiram a plataforma e tentaram se aproximar de mim... sem êxito. Uma janela quebrou, minha foice girou flutuando no ar e partiu cada um deles ao meio, antes de vir parar ao meu lado enquanto o sangue se espalhava. Uau... e o sangue não era meu... eu jurava que iriam me estraçalhar depois de morto, como se fosse adiantar de algo.
Por que eu decidira agir agora? Eu não fazia a menor ideia possível!
Talvez porque, quando virei o rosto novamente para o pessoal lá embaixo e encarei um olho azul...


Quero esconder a verdade
Quero abrigar você
Mas com a fera dentro
Não há onde nos escondermos

Não quero decepcionar você
Mas meu destino é o inferno
Embora tudo isso seja para você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que criamos
Ainda somos feitos de ganância
Este é o meu reino vindo
Este é o meu reino vindo

Dizem que é o que você faz
Eu digo que depende do destino
Está enrolada na minha alma
Tenho que deixar você ir
Seus olhos, eles brilham tanto
Quero guardar esta luz
Não posso fugir agora
A menos que você me mostre como

Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Theme Song:
avatar
Beyond Darkness
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 200
Data de inscrição : 07/09/2013
Localização : Reino Diamante - Dã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Dom Out 27, 2013 3:27 pm

Eu puxei minha espada quando a multidão se aproximou de mim, decepando alguns membros no processo...
Ok, eu iria virar uma procurada oficial depois dessa...
Mas não era hora para me ater a esses detalhes, porque eu estava prestes a ser linchada em praça publica, e duvidava que fosse sobrar um pedacinho sequer de meu belo corpinho... Ergui brevemente meu olhar para o tablado a minha direita, vendo que Beyond estava bem... Até demais, já tinha até fatiado meia dúzia de desavisados...
Porque o desgraçado não tinha feito isso antes, porra...
Por acaso ele estava tentando deliberadamente se matar?
Invoquei o Dissolution, passando através de meus atacantes e parando bem ao lado de Beyond, encarando-o com um sorriso cínico...
-Oi, você vem sempre aqui? -desviei quando uma faca passou zunindo pelo meu ouvido, tentando não escorregar na poça de sangue aos meus pés- O pessoal é bem animadinho, não?





Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Beyond Darkness em Dom Out 27, 2013 3:57 pm

Eu segurei a gadanha com a força que já me era restabelecida, passando a mão pelo pescoço que ainda doía fortemente e cortei com a ponta fina da gadanha a corda que ainda havia permanecido em mim... bom, pelo menos o cordão também, mas o brinde fora uma marca realmente funda e grossa havia sido projetada em minha pele.
Quando olhei novamente lá embaixo, a população havia se emaranhado em si mesma, e nem sinal da pessoa que estava sendo massacra-...
Ah... senti alguém se materializar bem do meu lado. E quando olhei, achei que, se não tinha morrido sufocado, ia morrer por um infarto... mas acho que nem mesmo meu coração estava querendo colaborar.
- Digamos que...- eu murmurei, quase engasgando, levantando-me com pernas trêmulas.- Este é um lugar que você só vem uma vez na vida...
Eu enfiei o cabo da gadanha dentro da cavidade ocular de uma mulher que veio na minha direção com uma enxada e, enquanto ela caia da plataforma gritando e sangrando, eu puxei Lyanna pelo braço; nós pulamos para fora do tablado, e eu comecei a procurar uma brecha em alguma daquelas estreitas da praça central.... mas todas pareciam estar cercadas por homens armados que se aproximavam. A chuva de tiros nos fez pular para detrás de uns caixotes para que pudessemos nos esconder. Eu encostei-me, arfando como nunca e segurei o rosto de Lyanna só para tentar provar a mim mesmo se ela era mesmo real...
- Por quê? Por que você voltou?


Quero esconder a verdade
Quero abrigar você
Mas com a fera dentro
Não há onde nos escondermos

Não quero decepcionar você
Mas meu destino é o inferno
Embora tudo isso seja para você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que criamos
Ainda somos feitos de ganância
Este é o meu reino vindo
Este é o meu reino vindo

Dizem que é o que você faz
Eu digo que depende do destino
Está enrolada na minha alma
Tenho que deixar você ir
Seus olhos, eles brilham tanto
Quero guardar esta luz
Não posso fugir agora
A menos que você me mostre como

Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Theme Song:
avatar
Beyond Darkness
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 200
Data de inscrição : 07/09/2013
Localização : Reino Diamante - Dã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Dom Out 27, 2013 4:21 pm

Eu abaixei-me quando a chuva de tiros diparada pela guarda real começou. Revidei, mas minhas balas logo acabaram...
Pistola inútil...
Ia espiar por cima de um dos caixotes que nos protegiam, quando senti as mãos dele em meu rosto, me fazendo aquela perguntinha tola. Encarei-o bem no fundo daqueles olhos escarlates, abrindo um arremedo de sorriso...
-Voltei? Na verdade, eu nunca fui... estive sempre nos mesmos lugares, foi você que nunca mais apareceu... -uma bala atravessou o caixote, passando a mílimetros de nós. A situação era desesperadora... -Bem que eu queria continuar a conversa, mas não acha melhor sobrevivermos primeiro?
Analizei a situação... Não tinhámos para onde correr... Porém...
-Acho que há uma rede de esgotos aqui em baixo...
Agarrei a mão dele, desmaterializando os dois chão a dentro... Como eu previ, despencamos num túnel escuro e nojento, mas alto o bastante para se caminhar. A confusão lá em cima pareceu aumentar, visto que os dois fugitivos haviam simplesmente evaporado...
Sorri satisfeita, escorando-me na parede, completamente esgotada... É trivial me trasformar em sombras, mas desmaterializar outra pessoa é um esforço sobre humano... Tirei um isqueiro do bolso, iluminando o lugar parcialmente, enquanto tentava me recompor o suficiente para caminhar....





Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Beyond Darkness em Dom Out 27, 2013 4:35 pm

- Sério...?
E nós não tivemos mesmo tempo de continuar a conversa. Nossa primeira conversa em alguns meses. Nossa primeira conversa ao som de chuvas de tiros. Quando pensei que iríamos os dois ser postos na forca, ela me agarrou, e eu senti uma sensação extremamente desagradável, como se meu corpo estivesse derretendo, mas sem calor...
E fui de cara contra um concreto fétido e sujo. Fazia tempo que eu não caía assim tantas vezes num dia só...
Minha foice provocou um tilintar ao tocar contra o chão, mas eu não vi onde ela foi parar. Estava escuro demais para isso... a única coisa que vi foi uma baixíssima luminância provocada pela pequena chama de um isqueiro. Era Lyanna quem o segurava. Rastejei até ela e, sem mais opções, ajudei-a a se manter de pé.
Mas que droga, eu estava pronto... eu acho. Eu não sei o que deveria sentir no momento... era uma mistura de decepção com sei lá o quê. De primeira, eu não queria morrer... não fui eu quem me entreguei para aqueles homens por pura e espontânea vontade, mas me dei conta de que isso poderia ser a melhor opção com o tempo na cadeia.
Mas agora, lá estava eu de novo... nós de novo.
- Você está bem...?


Quero esconder a verdade
Quero abrigar você
Mas com a fera dentro
Não há onde nos escondermos

Não quero decepcionar você
Mas meu destino é o inferno
Embora tudo isso seja para você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que criamos
Ainda somos feitos de ganância
Este é o meu reino vindo
Este é o meu reino vindo

Dizem que é o que você faz
Eu digo que depende do destino
Está enrolada na minha alma
Tenho que deixar você ir
Seus olhos, eles brilham tanto
Quero guardar esta luz
Não posso fugir agora
A menos que você me mostre como

Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Theme Song:
avatar
Beyond Darkness
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 200
Data de inscrição : 07/09/2013
Localização : Reino Diamante - Dã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Dom Out 27, 2013 4:45 pm

-Oh, sim... Estou ótima... -declarei, sem convicção, pondo-me em pé com a ajuda dele-
Nada melhor do que começar o dia com uma multidão enfurecida querendo sua cabeça...
Esfreguei o olho, tentando me acostumar a pouca luminosidade... Os gritos lá em cima iam diminuindo aos poucos, o que sugeria que as pessoas estavam se dispersando (pelo menos as que haviam sobrevivido). Foquei no rosto dele novamente, e senti que minha voz saiu ríspida quando me pronunciei:
-Porque fez isso? Porque ia deixar que te matassem como um bandidinho qualquer? Você podia ter fugido a qualquer hora...




Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Beyond Darkness em Dom Out 27, 2013 4:57 pm

- Pelo menos você não começou o dia com a multidão tendo sua cabeça...
Inclinei a cabeça, perguntando-me por que diabos a voz dela saíra raivosa se era eu quem estava com uma corda no pescoço...
E não havia pedido ajuda.
Mas eu não conseguia ficar ingrato por causa disso.
- E por que eu fugiria como um bandidinho qualquer?- assim como ela, eu também pronunciei com aquela nota áspera.- Não fazia sentido nenhum voltar... eu não faço ideia, droga! Não me faça perguntas que não sei responder... você também não me disse porque se arriscou por mim, logo agora...
Eu não estava puto com o mundo como da vez passada em que nos separamos, porque, desta vez, a culpa havia sido um pouco minha também...
Mas eu realmente estava confuso.


Quero esconder a verdade
Quero abrigar você
Mas com a fera dentro
Não há onde nos escondermos

Não quero decepcionar você
Mas meu destino é o inferno
Embora tudo isso seja para você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que criamos
Ainda somos feitos de ganância
Este é o meu reino vindo
Este é o meu reino vindo

Dizem que é o que você faz
Eu digo que depende do destino
Está enrolada na minha alma
Tenho que deixar você ir
Seus olhos, eles brilham tanto
Quero guardar esta luz
Não posso fugir agora
A menos que você me mostre como

Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Theme Song:
avatar
Beyond Darkness
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 200
Data de inscrição : 07/09/2013
Localização : Reino Diamante - Dã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Dom Out 27, 2013 5:23 pm

-COMO VOCÊ É EGOISTA!!! -gritei, mas logo abaixei minha voz para não nos ouvissem- Como você acha... que eu ficaria se você morresse?!
Era fato que não nos víamos há um bom tempo, mas eu sabia que ele estava vivo, pois as notícias sempre chegavam a mim... Era uma espécie de consolo. Mas se ele morresse...
Não. Eu nem queria pensar nisso...
-Você sabe muito bem o porque... resmunguei, pondo-me a andar por aquele túnel fedido. Um rato correu em meu caminho, mas não lhe dei atenção- Mas não precisa me agradecer... Sei que não me pediu nada, eu fiz isso porque quiz.




Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Beyond Darkness em Dom Out 27, 2013 6:05 pm

A voz dela ecoou pelo esgoto todo, e eu precisei enfiar um dedo no meu ouvido direito para que voltasse a ouvir normalmente depois disso. Lancei um olhar curioso ao "teto" sobre nossas cabeças... parece que não houve uma agitação a mais. Suspirei fundo, olhando para Lyanna antes de erguer uma sobrancelha. Eu não estava mostrando expressão nenhuma.
- Pensei que você estivesse muito bem com aquele seu... informante...- a palavra saiu entredentes. Afinal de contas, minha raiva ainda não tinha passado... embora eu tivesse a certeza de que não queria brigar com ela novamente. Eu suspirei, passando uma das mãos pelo rosto e a segui caminhando.- Desculpe... eu não achei que fosse resolver muita coisa se voltasse... mas eu não estava nem um pingo apavorado ali encima...
Meus dedos foram até o cordão em meu pescoço por algum motivo, como se ele pudesse me deixar mais seguro no que dizia.


Quero esconder a verdade
Quero abrigar você
Mas com a fera dentro
Não há onde nos escondermos

Não quero decepcionar você
Mas meu destino é o inferno
Embora tudo isso seja para você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que criamos
Ainda somos feitos de ganância
Este é o meu reino vindo
Este é o meu reino vindo

Dizem que é o que você faz
Eu digo que depende do destino
Está enrolada na minha alma
Tenho que deixar você ir
Seus olhos, eles brilham tanto
Quero guardar esta luz
Não posso fugir agora
A menos que você me mostre como

Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Theme Song:
avatar
Beyond Darkness
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 200
Data de inscrição : 07/09/2013
Localização : Reino Diamante - Dã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Seg Out 28, 2013 4:57 pm

-Você é um grande imbecil... -grunhi, sem olhar para trás. Procurava me concentrar no túnel a minha frente, pois mal dava para ver um palmo a frente do nariz...
-Ótimo, é realmente muito gratificante saber que me arrisquei para salvar sua pele a toa... -resmunguei, apertando com força a empunhadura de minha espada. Eu estava habituada a escuridão, ela era minha melhor arma em algumas horas, mas as trevas ali embaixo tinham algo de... anormal- Talvez, se eu soubesse que você fazia tanta questão de morrer, eu tivesse ficado em casa dormindo...
Que coisa fantástica... Uma mercenária e um serial killer portando-se como duas crianças birrentas... Era ridiculo.
Nós dois sabiamos muito bem o que a abstinência nos causara, mas ainda assim continuávamos com aquele joguinho, acusando um ao outro... Nenhum dos dois estava errado, muito menos certo...




Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Beyond Darkness em Seg Out 28, 2013 5:12 pm

- E você é uma grande teimos-... eca...
Eu iria retrucar, mas, ao invés disso, fechei o bico, fazendo uma careta de puro desagrado ao perceber que tinha esmagado um rato. Não que fosse uma cena nojenta de se ver - aliás, não dava para ver quase nada por ali -, mas eu realmente não gosto nada de bichinhos peludos... muito menos quando as tripas deles explodem debaixo da minha sola.
- Não fui eu quem pedi para você acordar ou te ofereci um café da manhã, caolha...
Certo... devo admitir que senti uma pontinha de desconforto quando a chamei daquilo, mas me mantive em silêncio... até que ouvi um som realmente estranho atrás de nós.
- O que foi isso?


Quero esconder a verdade
Quero abrigar você
Mas com a fera dentro
Não há onde nos escondermos

Não quero decepcionar você
Mas meu destino é o inferno
Embora tudo isso seja para você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que criamos
Ainda somos feitos de ganância
Este é o meu reino vindo
Este é o meu reino vindo

Dizem que é o que você faz
Eu digo que depende do destino
Está enrolada na minha alma
Tenho que deixar você ir
Seus olhos, eles brilham tanto
Quero guardar esta luz
Não posso fugir agora
A menos que você me mostre como

Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Theme Song:
avatar
Beyond Darkness
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 200
Data de inscrição : 07/09/2013
Localização : Reino Diamante - Dã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Seg Out 28, 2013 5:48 pm

-Ah, agora a minha deficiência incomoda você? - eu virei para ele, o rosto queimando de raiva- Quer saber? Foda-se! É assim que me agradece por salvar sua vida pela segunda vez...
Dei-lhe as costas, e sai pisando duro... Até o ruído atrás de nós se ouvir...
Era como se algo estivesse... respirando alto, um som estranho que arrepiou todos os meus pelinhos da nuca...




Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Beyond Darkness em Seg Out 28, 2013 5:57 pm

- Ótimo! Siga seu caminho e eu sigo o meu. Faço questão de ir me foder!
Eu dei às costas, mas me arrependi disso assim que ouvi o barulho soar de novo... e também não pudia deixar de me arrepender do que havia dito naquele momento de intensa raiva. Soou bem, bem estranho... mas o foco não devia ser este agora.
- Tem... tem alguém aí?


Quero esconder a verdade
Quero abrigar você
Mas com a fera dentro
Não há onde nos escondermos

Não quero decepcionar você
Mas meu destino é o inferno
Embora tudo isso seja para você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que criamos
Ainda somos feitos de ganância
Este é o meu reino vindo
Este é o meu reino vindo

Dizem que é o que você faz
Eu digo que depende do destino
Está enrolada na minha alma
Tenho que deixar você ir
Seus olhos, eles brilham tanto
Quero guardar esta luz
Não posso fugir agora
A menos que você me mostre como

Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Theme Song:
avatar
Beyond Darkness
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 200
Data de inscrição : 07/09/2013
Localização : Reino Diamante - Dã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Seg Out 28, 2013 6:06 pm

Um par de olhos escarlates nos encarou das trevas...
-Beyond...? -minha voz saiu fininha, enquanto o isqueiro tremia em minhas mãos...




Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Beyond Darkness em Seg Out 28, 2013 6:17 pm

Eu observei, inclinando a cabeça em interrogação, aqueles olhos tão parecidos com os que eu via todo dia na frente do espelho, agora flutuando no meio da escuridão... meu corpo travou... e engoli em seco...
- Você entraria em pânico se eu dissesse... que não estou olhando para você...?


Quero esconder a verdade
Quero abrigar você
Mas com a fera dentro
Não há onde nos escondermos

Não quero decepcionar você
Mas meu destino é o inferno
Embora tudo isso seja para você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que criamos
Ainda somos feitos de ganância
Este é o meu reino vindo
Este é o meu reino vindo

Dizem que é o que você faz
Eu digo que depende do destino
Está enrolada na minha alma
Tenho que deixar você ir
Seus olhos, eles brilham tanto
Quero guardar esta luz
Não posso fugir agora
A menos que você me mostre como

Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Theme Song:
avatar
Beyond Darkness
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 200
Data de inscrição : 07/09/2013
Localização : Reino Diamante - Dã

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Lyanna Storm em Seg Out 28, 2013 6:47 pm

Eu fiquei estática, até ver uma garra enorme se estendendo em minha direção...
Confesso que gritei...
-Corre!
Não sei como, mas agarrei a mão de B e pus-me a correr no escuro, pois o isqueiro caiu de minhas mãos... Sorte minha que eu já estivera naqueles túneis mais de uma vez, e usei de minha memória para tentar achar a saída... Claro que isso não foi muito funcional, pois me esborrachei contra a parede na primeira curva...




Matt:







Eu nasci do útero de um feitiço venenoso
Espancado, e machucado e perseguido desde a toca
Mas eu me ergo acima disso, acima e vejo
Que fui enforcado na árvore feita das línguas dos fracos
Os galhos eram ossos de mentirosos e ladrões
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
Reze para o seu Deus
Abra seu coração
O que quer que você faça
Não tema o escuro
Cubra os olhos
O mal está dentro
Uma noite do caçador
Um dia eu terei minha vingança
Uma noite para lembrar
Um dia tudo acabará
Abençoado por uma vadia filha de um bastardo
Prazer em conhecê-la, mas é melhor sangrar
Erguer, eu vou me erguer, me erguer
Tirei sua pele viva
Destrocei-a
Espalhei suas cinzas
Enterrei seu coração
Ergo-me acima, lá no alto e vejo
[/center]
avatar
Lyanna Storm
Campeão/Campeã
Campeão/Campeã

Mensagens : 234
Data de inscrição : 06/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Esconderijo da Lyanna

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 14 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 10 ... 14  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum